The HABRI Foundation is calling for research proposals to investigate the health outcomes of pet ownership and/or animal-assisted activity or therapy, both for the people and the animals involved. To learn more, visit https://habri.org/grants/funding-opportunities/ close

HabriCentral will be intermittently unavailable due to scheduled maintenance on Tuesday, January 19, 2021 starting at 11am ET. There will be some downtime of site features during the maintenance period. Please plan accordingly and we do apologize for any inconvenience. close

 
You are here: Home / Theses / O animal de companhia e a proteção animal urbana : pensando relações interespecíficas a partir da etnografia em Porto Alegre/RS / About

O animal de companhia e a proteção animal urbana : pensando relações interespecíficas a partir da etnografia em Porto Alegre/RS

By Viviane Hippmann Gauer

View Link (HTM)

Licensed under

Category Theses
Abstract

Inserido no âmbito da Antrozoologia, este trabalho intenciona pensar a relação humano-animal, tendo por enfoque a relação construída entre ativistas e simpatizantes da proteção animal urbana e os animais de companhia aos quais este movimento se dedica. A proteção animal urbana é um movimento que visa ao cuidado de animais domésticos urbanos – prioritariamente cães e gatos -, sendo composto por ativistas autodenominados como protetores, bem como por simpatizantes da causa, filiados ou não a Organizações não governamentais (ONGs). A pesquisa que embasou este trabalho foi realizada a partir da etnografia junto a grupos dedicados à proteção animal em Porto Alegre/RS, e complementada por entrevistas centradas não diretivas com ativistas do movimento. Ao refletir sobre esta relação, pôde-se explorar e questionar uma série de questões pertinentes, tais como: a forma como estes animais são compreendidos no contexto social contemporâneo; as relações pessoais de afeto com o animal de companhia, inserido na redoma do lar enquanto membro de uma família multiespécies; a especificidade da relação singularizada com o animal não humano; a atuação de um modelo de política de piedade na fundamentação interna e legitimação externa da proteção animal urbana; assim como a estruturação de discursos morais sobre a imagem de um animal idealizado e identificado como vítima. Por fim, foram citados alguns temas para possível exploração futura, como as controvérsias inerentes à redoma da proteção animal urbana, que apontam para uma rica pluralidade de formas de relacionar-se com o animal de companhia, e de pensar a existência deste.

Submitter

Marcy Wilhelm-South

Purdue University

Date 2015
Pages 63
Department Instituto de Filosofia e Ciências Humanas
Degree graduação
URL http://hdl.handle.net/10183/132361
Language Portuguese
University Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Cite this work

Researchers should cite this work as follows:

Tags
  1. Animal protection
  2. Animal roles
  3. Cats
  4. Dogs
  5. Mammals
  6. open access
  7. Pets and companion animals
Badges
  1. open access